Crueldade

Histórias que não se escreveram, ou não foram lidas estão em cartas decifradas. Nas lacunas… O passado tem sabor. Morada. Atualidade. O que passou nos transforma nas pessoas que somos, neste hoje / neste agora. Na carta a fresta. Porta entreaberta. Desafio. Não te preocupa em magoar, ou recuar, ou não avançar. Defesa subjetiva. Nela está crueldade…Elizabeth M.B. Mattos – dezembro 2012 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s