AZUL

Amoras azuis. O céu, o amar, as lavandas, o perfume. Azuis. Tu és azul. A fita do teu cabelo é quase lilás… Existe o vermelho: perigo! E o vestido de tricô amarelo, aqueles minúsculos babados brancos. Meias  brancas engolidas pelo sapato branco de verniz. A franja! Eduardo no colo da Dinda! Santo Ângelo. Ponta Grossa foi depois… Os canudinhos dos eucaliptos. Cartazes com figuras, letras e palavras… Eu não sabia nada das amoras. Muito menos das azuis!

2 comentários sobre “AZUL

  1. Condensei duas cidades, dois momentos. Será que funcionou mesmo?
    Bom que dizes…Teus livros chegaram? Os meus estão nas pilhas…Olho o jardim, poda os galhos. Tudo cresce…Os pés presos não impedem nada…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s