Soberba

Entre a luta de poder e não fazer, eliminar. Seguir em frente. Caminhar sem se voltar. Entender antes de perdoar. Socorrer aquele corpo espedaçado… Velar. Quebrar a cadeira, o vaso, a janela… Depois consertar. Esquecer o tempo de lavar, dar de comer. Recomeçar. Limpar, arrumar, dobrar, cansar, ficar, e ainda assim olhar pela janela… Esquecer o tempo de plantar, regar e podar! Escutar, estremecer. Não duvidar! Altruísmo, soberba, egoísmo, estoicismo infeliz. Sátiras palavras invertidas. Deixa o diabo correr, quero as asas de anjo pra voar e me perder…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s