Esquecido na gaveta

Talvez um trabalho comunitário pudesse me encantar quando jovem… Despida de vaidade, afeita aos sacrifícios, numa vida mais monástica, voltada para o outro, ou apenas monástica no ritual que produz beleza. Abnegação, pitada de heroísmo. No entanto vivi na boca do turbilhão. Hoje a solidão, a quietude tem uma vontade despida. Descanso somado a nostalgia natural do envelhecer.

Um beijo esquecido na gaveta me acorda, mas logo estou dormitando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s