Transpira o medo

…a violência se aproxima do mar. E aquele cheiro de morte que o medo transpira se espalha. Nenhuma água, sal, chuva, ou sol consegue lavar, aliviar.

O suor escorre. A roupa cola no corpo.

“O Grito”

‘Estava andando pela estrada com dois amigos

O sol se pondo com um céu vermelho sangue

Senti uma brisa de melancolia e parei

Paralisado, morto de cansaço…

… meus amigos continuaram andando – eu continuei parado

tremendo de ansiedade, senti o tremendo Grito da natureza’

 Edvard Munch

Edward Munch  – O grito.

Artista completo quer dizer pintor, também  poeta. Nunca completo…

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s