2015

Atravesso a temperatura de sentimentos atrapalhados, esquisitos, silenciosos, agitados. Estaciono na lagoa pacífica. Entro nas ondas da Praia da Cal. No ônibus, abro caminho entre jacarandás porto-alegrenses.  Respeito sorriso fraterno. Bom remédio com cheiro de vento, de chuva, de palavras. Amados amores, desconfianças. Retomada alegre a cavar felicidade.  2015 agarra o céu, a chuva, lava o cheiro azedo, o pecado da ganância! Vem!  Estende a bandeira brasileira, tapete imaginado! Depois hastearemos honestidade!

download (3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s