…, apesar do dia ensolarado

balões

 1 de março de 1869.  –  A imparcialidade e a objetividade são tão raras como a justiça, de que apenas são duas formas particulares. O interesse é uma fonte inesgotável de complacentes ilusões. O número dos seres que querem a verdade é extraordinariamente pequeno. O que domina os homens é o medo da verdade, a menos que a verdade lhes seja útil, o que equivale a dizer que o interesse é o princípio da filosofia vulgar, ou que a verdade está feita para nós, e não nós para a verdade.” (p. 265) 

Henri-Frédéric Amiel  – Diário Íntimo –  Realizações Editora, S.P. 2013.

…, apesar do dia ensolarado. De balões no céu de Torres. Da alegria seguir o rumo sinto um aperto no coração.  … alguma coisa pesa como injusto, inadequado, impróprio, mas sei que é preciso seguir. Elizabeth M.B. Mattos – Torres

balão em torres

2 comentários sobre “…, apesar do dia ensolarado

  1. Beth, sempre é preciso e necessário seguir , mesmo cambaleando , trôpego … a vida muda e nos necessitamos mudar, como dizem os argentinos; pase o que lo pase en lo camino!

  2. Obrigada Dado. Ás vezes desanimo, e o desânimo volta pesado. Sei que tu me entendes muito muito bem. Estava tudo tão colorido! Tão possível, e me parece tão pesado … E não é nada, é pouco eu sei. Eu de natureza tão alegre! Pesa. É isso. Quase fui explícita, mas tu me entendes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s