amorosos fantasmas

Fantasmas amorosos, fantasmas … Entre o perfume do jardim e a indiferença do olhar…. E aquela prepotência cega de desamar. Fico com alfazemas. As pedras do cascalho queimam meus pés. Vou leve ao encontro do amigo quando o amor tem este desencanto do desencontro. É  o caminho … Elizabeth M.B. Mattos – Torres, agosto de 2017

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s