intermináveis telegramas

Amar não termina, … lembrei tanto e tanto de ti e do tamanho que éramos, tu e eu, eu e tu, grande enorme, redundante! O amor afoga devora agitado insone e preguiçoso, … eu sei. Não quero repetir nem voltar atrás. Quero hoje.  Encontrei … aqueles intermináveis telegramas! Ansioso, intenso.  …, não eu não queria tudo outra vez …, não vou explicar. Um vazio no tempo. Respiro. Refaço. Avanço. Mas …, tu não prestas atenção quando falas comigo, …digo outra vez: dia 12 de julho estarei em Porto Alegre, aniversário de 79 anos de minha tia, não prestas atenção.  Quem arrebentava de saudade era eu: “Lundi segunda liguei ninguém encontrei tentarei chegar PAlegre anoitecer  quarta telegrama da estrada confirmado exatidão após cruzar Chui vg espero não estejas Oiapoque como hoje vg arrebento de saudades beijos abraços Gafa

telegrama

Um comentário sobre “intermináveis telegramas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s