acordo magra, e logo, gorda outra vez

Acordo magra, e duas horas depois estou, outra vez, gorda. Detesto isso. E também não posso olhar os braços, o corpo. Eu me deprimo. De repente o rosto, bem …, não parece tão horrível assim …, talvez a boca. Os olhos cansados, quase desmaiados. Os cabelos, já me acostumei. Indisposição…, resfriado, gripe, sei lá o quê, … estes pruridos enjoados antes da eleição, ou antes do verão, ou antes de encontrar. Ou um livro terminado e o outro, a se arrastar. Eu sou meio perdida. Amigos amigas queridos amadas filhos netos, eu sei. Estou perto e absurdamente, longe. Os advérbios devem ser/estar entre vírgulas? Tudo entre vírgulas. O que desejo me escapa. Ora se fosse hora de amar eu entenderia, mas passou. Tem uma qualquer coisa de ridículo. É a danada da sedução eterna, enroscada, altiva a me seduzir. Não vais acreditar! Todo desencontro tem um sabor de desejo ardente, enamoramento, paixão obscura, presente neste permanente hoje do momento que foi/é o teu encontro. (Ihhiii! Ficou enorme esta coisa que escrevi …, um parágrafo numa frase, não, numa oração!ah! que horror!) Estás comigo entrelaçado nesta confusão de ser sem existir. És pura imaginação! Como se eu pudesse calçar aqueles sapatos com saltos altos, e cruzar as pernas, uma sobre a outra sem ser displicente. Sendo tão distraída e avoada, mas elegante. E o vestido fosse impecável, as costuras lisas, a bainha com aquele peso no caimento, e o confortável colar de pérolas misturado com as correntes. Sem maquiagem, com brincos e o cabelo fora do lugar. Paradoxalmente gosto tanto deste meu eu que veste jeans e camisetas puídas, o mesmo lenço no pescoço para socorrer os cabelos fora do lugar, e o desavisado tênis …, e um desleixo com as roupas. Gosto desta negligência. Armário reduzido, camisolas e pijamas. Duas gavetas do que se chama roupa e calças pretas de todos os tamanhos, porque, invariavelmente eu acordo magra, mas depois de duas horas já estou gorda. Elizabeth M.B. Mattos – outubro de 2018 – Torres

2 comentários sobre “acordo magra, e logo, gorda outra vez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s