desbordadamente

“Teria profundamente sentido que a inspiração do marido vinha de um âmago amargo, perdido em dúvidas, solitário, presa de sentimentos angustiantes […].” (p.151)

espiando eu

Amava-me desbordadamente, sem medida.” (p. 175) F.C. de Garcia  O Ritual dos Pastores

Sentimento se cristaliza. Parágrafo tenho nas mãos, toco e apalpo,estupefata.  Coloco sobre a mesa ao meu lado, não posso carregar sozinha. E.M.B.Mattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s