sigo viva

“Vou me curando, acho que vou, não sei,

trabalho, passo de uma a outra hora,

até capaz do que não passei.

Vem tua imagem, leva tudo embora…

[…]

Não estou onde estava, perco o assunto,

ah, será sempre assim, eu me pergunto,

não voltarei a mim sem te dizer?” Paulo Hecker Filho in Neste Amor

Sem fôlego. Corpo com dor, com peso, cansaço físico mesmo. Vou fazendo, limpando,  respondendo ao pó, ao conserto que parece…, nem sei. Demolição, inferno. De certo vem o bom, o paraíso, o bonito. O que vai ficar e durar, e durar… Não é queixa. Pedaço, ou  perda, ou depois que se transforma em ganho, conserto. Elizabeth M.B.Mattos – fevereiro de 2019 – Torres. Duas palavras: sigo viva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s