apenas tu

Saudosa, velha, apegada, vontade apertada, pés gelados: sou eu. Encolhida nas cobertas. Ouvidos cheios de vento…e te imagino inquieto, menino e rotineiro: a mesma coisa sem ser, – viajante,  vigilante… Os filhos nos viram/reviram pelo avesso: e te ocupas.  Metódico e lírico ao mesmo tempo /poeta. Remexes no passado e te inquietas.  E te deslumbra o presente/ o agora todo solto, leve, apenas tu… Beth Mattos – abril de 2019 Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s