volto

Não posso segurar o tempo, nem voltar aos dezessete anos, nem te encontrar…, eu me surpreendo! Apaixonada. Pequenas loucuras, as minhas. As tuas grandes e intensas e apaixonadas loucuras! Desespero a te procurar na memória. E te escrevo grandes, enormes, imensos e loucos bilhetes. Eu te procuro dentro das fotos, não és tu. Em lugar nenhum estás! Desapareces … não consigo segurar o tempo. Volto ao jogo! Elizabeth M.B. Mattos – junho de 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s