invisível

O invisível esclarece e tonteia. Faz o caminho. Difícil entender a guerra que esperneia e se faz necessária. Não importa o sol, no meio do sol eles querem decidir o lado negro e abusivo. Evidente: eu não quero, eu não sei, eu não posso, eu explico eu digo eu me escondo, mas a bomba cai nas minhas mãos, eu preciso gritar! Viver não me deixa descansar. Outra vez na frente da batalha. Afinal fazer tudo errado deve ser mesmo o certo… Quem precisa aprender? E.M.B. Mattos – agosto de 2019 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s