incerteza atravessada

Novembro de 2019  sábado com jogo e bandeira e euforia e festa. Esquisitice de pensar: se o quebra-cabeça se resolvesse em vez de se perder/quebrar…

Se resolvesse, mesmo devagar, sem pressa e arrastasse resposta…

Quando penso em…, em te ver/espiar/ ou saber eu me inquieto.

Não sei se o cinza do dia importa ou se sou eu mesma agonizando. Ando na cor/na luz e nesta incerteza atravessada. Faltam letras, livros.

Cansada do sono prolongado e do silêncio. Vozes são soluços  e nestes soluços afogo teu olhar. Inacabada vontade… Preciso urgente acordar e fazer.

Se for a poeira se o vento entrar se as vontades se quebrarem antes de brotar… Céus!  Estou atenta aos galhos avermelhados da  buganvília: enquadro a flor,  descubro outra. Pequeno e audacioso olhar  ao detalhe. Elizabeth M.B. Mattos – novembro de 2019 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s