Camilo José Cela

“Pablo Alonso, enquanto bebia o café, começou a notar que se aborrecia ao lado da Laurita. Muito bonita, muito atraente, muito carinhosa, inclusivamente muito fiel, mas muito pouco variada. (p.120) Camilo José Cela – A COLMEIA

Sem comentários, faço amanhã. O que me delicia é a língua portuguesa, e esta narrativa em episódios. Uma colmeia, um mosaico. Genial. Beth Mattos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s