acordar sempre

Acordar, parte melhor do dia. Fico dividida entre este dormir e acordar a fatiar o tempo pra me enganar. E a M. não veio, eu não fui. Sem mar nem piscina. Verão. O verão se agranda entre quente, e tanto vento venta o tempo. Torres assobia. O amor se remexe arredio, arrepiado e espraiado, solto. Elizabeth M.B. Mattos – janeiro de 2020

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s