jogo de amor

LINDISIMA COM QUADRO E CRISTALGelado. Inverno cartão de visita. Mas eu não vou, tu não vens. Imagino lareiras acesas e fogo alegre. Cães por perto. Tuas caminhadas apressadas pelo campo. Canecas de café. Tempo nas cobertas, enroscado. Experiência de sol festivo, sem aquecer. Reparaste na floração do pomar?

No meu caminho pitangueiras cheirosas: flores miúdas braçada de noivas. A geada veste o amanhecer. Com a carta eu te envio fotos. Escrevo ainda nas cobertas, estufa e o gosto do café cheio de preguiça, Pão dormido.

Sigo no meu jogo de xadrez: arrumo aqui, espalho ali, seleciono estes, e a poeira me surpreende. Enquanto faço penso nas flores e ouço tua voz. Logo estamos outra vez deitados no sono. Antes, a misturar risadas. Este envelhecer juntos foi a melhor coisa que me aconteceu no Rio Grande do Sul. Voltar para casa, surpresa da nostalgia… Beth Mattos – julho de 2020. Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s