Poemas de Luiza

” Me atravessa o vento

E dói

Me arrebata um sussurro teu

E dói

Me estremece teu olhar

E eu

Me arremesso entregue

Ao mar”

*** X ***

“Querendo sonho verdade

Querendo caminho canção

Quem conhece meus pedaços

Não fecha os olhos pra ver

Que dentro de mim tem vulcão

Lava pronta pra irromper”

E mais um outro:

“Dentro, por dentro

Buraco no peito

Trancada em casa

Ou nem tanto

Pensamento solto momento

Um ano, e tanto tempo

Parece outra vida

Num reino de abraço

De encontro

De dançar até pingar

De atravessar com toque

Tanto pouco longo tempo

Sentimos todos

Esse grande estranhamento

Sem saber se nos pertence

Essa lacuna no vento

Luiza Mattos / Luiza D. Mattos – abril de 2021

(eu gosto, gosto, gosto, gosta! desta poeta que se arremessa com força! gosto! gosto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s