confissões perfumadas

Gostaria de não ter vendido a casa. A casa de pedras. Gostaria de nunca ter saído e convivido com fantasmas. Existem forças de anjos, também existem demônios. Aquela estrada de terra parecia a única por causa dos eucaliptos, e pelas margaridas, e pelos açudes. Os cães. Este começo era uma escolha, e eu gostava do silêncio. Dos dias excessivamente quentes, e também daqueles que as lareiras eram acessas. E a Lena estava sempre por perto. Eu tive amigos. Comecei a ler com a regularidade necessária para acorrentar um autor ao outro, estabelecer o sentido, flutuar, algumas vezes chorei, mas nada me removeria. As caminhadas. O introspectivo. O sorriso fácil, o generoso espírito comunitário. A estrada não me assustava, qualquer carro poderia me levar de lá para cá. E os alunos foram sempre a força natural. Alegria. Eu me libertava de correntes pesadas, eu decidia e fazia e sentia, e dizia, e tinha e completava…fiquei eu. Estes períodos não são longos, estes acertos também são apressados, e a coragem de largar tudo outra vez é o resultado saudável. O sono se deixa dormir, ninguém vai te acordar, o sono se deixa chegar às 16 horas espiando, e eu posso dançar às duas da manhã num dia de chuva. E. Se eu te amo, não importa. Eu te amo. E pronto. Já se passaram tantos anos! Deixarei de amar, virarei as costas, caminharei apressada, desligarei a orquestra. Talvez não chore. Guardo o beijo, o cheiro, o abraço e tua audácia na caixa amarela, aquela bonita que está em baixo da cadeira. Depois dobro todas as minhas confissões. Na outra, aquela azul, junto as intenções. E vamos fazer uma carne assada, dourar as batatas, vou abrir o vinho. Fiz uma ambrosia com quinze ovos. Festejamos. Hortência nos vasos. Passei batom e o vestido com flores vermelhas e azuis e verdes, canta francês e cantarola alegria…Gostaria de ter te conhecido mais cedo, muito mais cedo… Elizabeth M.B. Mattos – maio de 2021 – torres

Um comentário sobre “confissões perfumadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s