brincadeira

…, não sei se nós brincamos com a fantasia, ou se a fantasia brinca conosco. Leio o que escreves, escuto o que me dizes. Posso te tocar ou não: imaginar. Estares perto ou longe…

Nada fica cinzento nem frio, nem triste, nem incômodo, nem mais ou menos. Por dentro, por fora: estou inteira, completa e feliz e tão absurdamente tua / contigo, feliz. Homem versus menina ou Mulher versus menino. Que importa?!! Ou apenas nós dois do jeito que somos / estamos entre o nublado e a cozinha, entre passar as roupas e as panelas. Dançando ou sem dançar, cochilando, ou correndo… Ouvindo rádio, ou no silêncio. Te cuida. Cuida muito. Beijo, um beijo, ou dois, ou ainda saudade picada, ou tesão / vontade de estar / escrever e ficar enrolada nesta grande confusão de te amar ou te perder. Dizer tudo e nada. Elizabeth M.B.Mattos – maio de 2021 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s