és tu

Escorrego, sem saber, desanimo, aperto a mão / acredito em nós, em mim, em ti e …, estamos lá. E és tu, és tudo. Escorrego, não vou, não sei, mas quero chegar. Escrever se atravessa perdido / perdida / e termina o dia. A vontade, o ânimo, termina e começa/recomeça ao me mesmo tempo, porque não é. Sou eu tentando… Ah meu querido! Que fiques bom logo, que voltes logo, que seja azul, que seja lilás. Amanhã, ou um dia todo verde, outro com listas amarelas e teu sorriso vontade / eu te vejo a força colorida, e as noites pesadas de sono. Eu te vejo chegando. Agarra minha força, coloquei em baixo do teu travesseiro. Amanhã conversamos. Elizabeth M.B. Mattos – fevereiro de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s