a beleza é perversa

A beleza corrompe, é perversa e deforma, facilita, amolece e leva ao inferno: os caminhos abertos aos espinhos dificultam a caminhada, toda a crucificação /castigo tem o alívio e a porta para o novo. Há que se saber que o sucesso, o bem feito, se arrasta no sacrifício… E se o poder faz a ronda, o servo se revolta, mas, nem sempre o castelo desmorona! Elizabeth M.B. Mattos – julho de 2022 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s