tempo de tanto frio!

Ou foi sempre assim no inverno, e, eu não me lembro… Ou quando criança a gente nem sente a temperatura, tanta pressa temos de crescer e brincar. Depois seguimos a brincar, como se a vida fosse mesmo parque de diversões! Adolescência vai a galope nas ditas “conquistas”, bem, é hora de admitir, também envelhecemos, com a sensação palpitante de juventude, como explicou A. Podemos tudo, então, vez que outra, somos laçados! E acalmamos! Hoje! O sol me disse que posso me superar, caminhar/passear foi bom e gostoso. O vento invernoso, claro, mas o prazer grande! Um dia de sucesso! Elizabeth M.B. Mattos – julho de 2022 – Torres

devagar eu acelero, o frio se aquieta, e, eu me sinto, especialmente, feliz

botões de rosa do jardim de Marina Pfeifer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s