ufa!

Parado. Ainda é cedo. O calor invade as frestas das janelas fechadas. Sublinhado inverno rigoroso, verão escaldante.

A cidade se tranquiliza abafada, tudo ferve. Mesmo a passarinhada se acomoda imóvel. As árvores não se movem, a lagoa parada, quieta, cintila.

Interrompo o dia, acelero o fazer, picoto os soluços. Será que o sol se apiedará? Antes das seis horas estávamos já caminhando. E se a Ônix não existisse, o que eu faria? Sem energia. Quieta. Desmotivada. Sensível a qualquer empurrão. Sem voz… Imagino. Elizabeth M. B. Mattos – janeiro 2023

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s