Lawrence da Arábia

Está escrito. É o destino. Para alguns homens o que está escrito é o certo. Bigorna do Sol, o deserto de Nefud…  Diferença e igualdade. O homem pode ser o que quiser. Mas não pode querer o que quiser. Desconfiança e cautela pertencem aos velhos. Vencer o deserto.
Beleza completa, absoluta. Guerreiros  e a política selvagem.

Notas após Lawrence da Arábia. O melhor filme: 1962

Arqueólogo, escritor e militar, o inglês Thomas Edward Lawrence foi uma das mais notáveis personalidades do Século XX. Sua obra prima literária Os sete pilares da sabedoria é o registro autobiográfico da ação árabe na derrocada do Império turco Otomano. Escrito originalmente em 1919, Lawrence perde os manuscritos de Os sete pilares s da Sabedoria na Estação ferroviária de Reading. Uma segunda versão é finalizada no ano seguinte, mas, insatisfeito com o resultado, o autor a destrói. Finalmente em 1926, escreve uma terceira versão, revisada por George Bernard Shaw e publicada em uma edição artesanal restrita a amigos e escritores. Resenha do livro da Editora Saraiva

Lawrence da Arábia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s