Diabo solto, anjo mal humorado

Diabo solto, ou anjo mal humorado… Um não fazer, não presença, ausência mesmo. Gosto de ambos. E também de Torres. Cidade de arranha céus, de calçamento difícil, cafés, livrarias. Da ideia de ser gente grande… Lotéricas e padarias, sorveterias, e moda! Gosto desta âncora de prazer. Mas não esqueço antigos verões! Das festas, do cinema, dos namorados, das rainhas e das princesas, das gincanas, do Luis Augusto, e do azul profundo… Do tempo de dançar! Boate Marisco e a Tatuíra… De jogar cartas no meio da tarde. Tomar sorvete na taça, e comer filé com fritas no Hotel da SAPT. Das barracas coloridas fincadas na areia, enfileiradas. Dos desfiles de chapéus: lenços, bolsas de palha e saídas de praia. Dos antigos pijamas de seda combinantes. Foto branco e preto. Caminhadas na beira do mar, certeiras. Exibidas ou tímidas. Tudo Torres, mesmo sem as grandes dunas de areia, mas dos molhes no rio Mampituba, os restaurantes que já se imaginam sofisticados. Muita cerveja, pizzaria Manjericão, a caipirinha, os barcos de pesca e as lanchas. A ponte pra Santa Catarina. E não estou descrevendo os banhos da tarde na Guarita, e nem o golfe no morro, nem o Farol antigo, e o cemitério lá em cima… A estrada difícil, as três balsas, poeira, distância, latas de bolacha, de leite condensado, de goiabadas e das flores! Não é saudade, mas Torres da Lagoa do Violão! Elizabeth M.B. Mattos – janeiro de 2013 – Torres

S.A.P.T. – Sociedade Amigos da Praia de Torres.

5 comentários sobre “Diabo solto, anjo mal humorado

  1. gostei demais da tua descricao,! lembrei de minha infancia na praia. e os passeios de charrete na adolescia? e quando menores nas carrocinhas puxadas com cabritos!!! surreal hoje!!!

    • Nos cabritinhos existem fotos…Tirei fotos da AMaria sendo puxada por eles…As crianças voltavam da praia neles cansadas. As charretes eram fantásticas! Lembras de uma Gincana em que tínhamos que levar um cabrito? Eles ficavam soltos pelo morro da Guarita! É a história do tempo…Meninas, adolescentes… E aquele piso de lajotas São Caetano da SAPT! E o cinema com as cadeiras soltas, matinês, e de noite… Com os ingressos escolhíamos as Rainhas da SAPT, e as da Tatuíra onde dançávamos em rodas…Bons tempos! Bom que lembraste!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s