OUTRA vez

Como venta! Aquele velho vento torrenses que assobia sacode tudo, grita que ainda é primavera. Leva todas as folhas, sacode a cidade, e tempera o verão. Tomei banho demorado, perfumado. Prazer na água! O cheiro do sabonete, a esponja esfoliante. Consegui separar um vestido. Abri a mala, e pendurei o que ainda faltava guardar. Mas não são as roupas que importam. Faz já tanto tempo que abandonei a vaidade! Também disto preciso tratar! A dor de te perder já passou, mas esta de envelhecer… A danada! A perversa juventude que desaparece! A exigência doente se transforma em nada fazer, em silêncio belicoso. Vou quebrando gestos, dor, prazer como se fossem  legumes do caldo verde que bebo antes de dormir. Na sombra do entardecer observo outra sombra, quero lembrar. Quero lembrar da beleza que nego, do abraço. E me espicho para te alcançar. Equívoco. As fotos trazem de volta a sensação de tempo lacrado, estático. O dia já  termina.  Avanço mais um pouco no que chamo ir ao teu encontro.  Vou descobrir tristeza e liberdade. Impotência. Vou até a vulnerabilidade. Nossa conversa sacudida alterou o dia. Agora estou a pensar na doença de ir e vir, no arrastado movimento que tanto me atrapalha! Esquisito estar sem lugar.  Esquisito o silêncio.  Por que escapo da ideia de ser com o outro? E quero. A vida vazia se agita com pernas e braços… Por que não sinto o prazer? Estou aqui, encostada na cadeira, penso palavras que não saem… O encontro que não tenho. Agora, empurrada pelas urgências, sigo o sinal da emergência… Foi no recuo do amor que o afeto surgiu, foi neste tempo escorrido entre medo e dúvida que ajoelhei.

 

3 comentários sobre “OUTRA vez

  1. Vejo vc como virginiana, detalhando , se perdendo e no final se achando…Nós somos assim…por isso q acho q temos tanto e nada em comum , daí nossas afinidades…

  2. Temos um mesmo histórico emocional…trilhamos lado a lado por muito tempo! Todas as historias de amor se desmancham. Lembras do Gianfranco? Tu conheces mais minha vida do que eu mesma amiga.Testemunha…E o Marco? Queria tanto saber onde ele está…se na Itália, ou na Austrália… Um dia vais ter notícias dele! Bonito o que escreveste!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s