Crianças da lua

Rousseau inventou as crianças, elas acordaram, saíram das amas de leite e começaram a falar… Até aí tudo bem. Mas as duas grandes guerras inventaram as mulheres. Elas saíram para trabalhar fora de casa, substituir os homens mortos na guerra. Bem, isto é história… Espiaram o mundo pela primeira vez? Não, apenas se libertaram dos machos, e descobriram que pensar, ou fazer era possível.  Dolorido. Complicado, mas possível. As mulheres surgiram guerreiras, autoritárias. Queixosas? Não, isto ficou enterrado no fim do século dezenove. Depois das Bovary de Flaubert, veio a Ema de Ibsen que abandonou o marido e vida doméstica. A Marilyn Monroe. Elas queriam o sexo do jeito delas, ser ouvidas. Estar nas ruas, como os homens. Ser reconhecidas. Abandonaram os corpetes, as saias largas, mostraram o corpo.  Conhecer o fumo, o cigarro, e o álcool era importante. Ler também. Alfabetizaram-se! E as crianças? Cresceram. A informática, os desejos, as exigências de hoje acompanham este novo mundo infantil-adulto. Pai e mãe saem de casa, trabalham, lutam, investem, querem, e as crianças estão crescendo livres, cada uma com seu psicólogo possível. É bom? Ser livre como a mulher se desejou livre? Deve ser. Ninguém voltou atrás.  Como fazer sexo é liberdade e domínio do corpo. Trabalhar pertence ao homem e a mulher em igual condição. Onde estão as crianças? Afogadas na própria condição de ser crianças: cheios de desejos, felicidades e alegrias. Elas, as crianças, querem sua cota de felicidade, não podem imaginar que exista dor ou sofrimento num mundo tão cheio de prazer e individualidades. Elas não têm mais modelos a ser seguidos, mas homens-robôs poderosos, guerras, conquistas, heróis. Eventualmente pai e mãe. Onde estão as nossas crianças? Na lua. Um dia chegamos lá.

2 comentários sobre “Crianças da lua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s