Casa Lar

Casa, o inteiro. Nosso lugar onde um pensamento ou sentimento não sofre interrupções. Música, mar, cheiro de terra.

A solidão que se faz encontro.

O lar é a pura vida instintiva que funciona tão bem quanto uma engrenagem bem azeitada, onde tudo é como deveria ser, onde todos os ruídos parecem certos, a luz é boa e os cheiros nos acalmam em vez de nos deixarem alarmadas.Não é importante como passamos o tempo nesse retorno. O que é essencial é qualquer coisa que propicie o equilíbrio.

O lar é isso. Não há só tempo para contemplar, mas também para aprender e descobrir o esquecido, o enterrado, o que está fora de uso.” (p.357) Clarissa Pinkola Estés – Mulheres que Correm com os Lobos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s