Subjetiva objetividade

O  maior vício entre os vícios pode ser a leitura. A leitura obsessiva que faço de mim mesma em tudo o que leio. Busco na palavra escrita não apenas a nova ideia, mas pensamento já pensado que adquirem selo de confirmação. O lido ressoa numa zona conhecida,  a minha. Sublinha o que já vivi – e, reavalio. Leituras são pedaços inacabados. Reencontros do prazer de ter sido… A mesa cheia de papéis tomada por pastas e folhas. Concentração difícil, motivo para não chegar ao fim. Desordem e prazer. Elizabeth M.B. Mattos – janeiro de 2014 – Torres

LIVROS e livros Virgínia Woolff

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s