Os brincos

As coisas têm valor no uso. Naturalmente. Ou não importam. Troféus não importam. Num gesto cansado,  alucinado, abandonei os óculos naquela esquina, na casa roxa da esquina. O alinhamento da vida com o que de fato se pode e deve fazer… Há despedidas, constantes adeuses para nunca mais, perdas, ou desencontros, desacertos. Um peso estranho ao tempo, sem espaço, sem concreto. Levo uma mala, uma única mala. E tudo fica pra trás, em caixas. A espera… Cheiro do recomeço, que afinal, é um começo. Não existe voltar. Assim, o bom seria retomar o hoje esticado na rotina de tirar o pó, lavar, esfregar, polir. Escovar. Usufruir daquelas quatro horas precisas, diurnas, sem sono. Colocar os brincos. Mas nunca mais pude usar os brincos! Longe de ser o peso do ouro, os brilhantes, o trabalho do ourives. Apenas os brincos que  me encantaram, alegraram ! A luz do aniversário. Desapareceram. Deveria ter sido cuidado, perfeito, foi atabalhoado, estreito, desencontrado o dia deste aniversário. Cansado. Tenho quebrado as coisas. Como as quatro taças de licor que o vento derrubou, estupida ventania! Minha tumultuada volta para Torres! Tudo fora do lugar. Perdida. Destruída, a recomeçar. Afetos medrosos. O brinco, bilhete, a moeda, restava pouco! E fora do lugar. Outra vez coloco em prateleiras  sentimentos. Outra vez achada, encontrada. Tão difícil! As caixas escondem, tudo aparece e desaparece. O que escrevo faz sentido, e logo já não faz nenhum sentido. Estrangulamento, estranhamento. Não vou ao encontro do fato, desapareço, eu também, nas caixas, nas estantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s