Abril

Se o inverno chegar não vou me importar. Abril tem sorriso certo neste il, tem o r carregado, e l no final. Escolho casacos, separo mantas, coloco um gorro, e vou caminhar, se o inverno chegar.

Se o inverno chegar o mar enverdece. O vento corta. A lagoa cintila. Na praia, areia molhada, pegada, concha, e ninguém.

Se o inverno chegar vai ter cinza no céu. Adormeço logo.

Murmúrio, vozes ...

Vou gostar da chuva na vidraça, se o inverno chegar.

Um comentário sobre “Abril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s