Proposta de AMOR

O amor tem idade?

Não, não tem idade. Saltitante esperança de criança. Saltos de coração, frestas… Odor de tudo outra vez. Primavera, verão, inverno, ou mesmo com outono envelhecendo. As estações se misturam na proposta de amor, do perfume. Não importa se aos setenta, sessenta, ou trinta e cinco anos. Pode ser aos oitenta, até aos noventa anos. No meio do bocejo, ao alcance da mão, a proposta de amor. Deixe a porta aberta. Sol, mar, vento, e ela se enrosca faceira nos braços, cai na palma da mão. Pelas calçadas, passeio livre, sem pressa. Comer pipocas, rosca salgada ou doce. O sol no Arpoador. Respira fundo. Aceita o inusitado. Aos vinte anos, nem precisa proposta, fala, explicação. Atropela encantamento de paixão! Afoga saudade. Cura tristeza, melancolia. Quinze anos! Apaixonado de prazer, abraço, beijo. Do jeito torto, ou certo, ou possível, o que importa?

Que venha logo a proposta de amor… Elizabeth M.B. Mattos – abril de 2015 – Porto Alegre

FOTO DAS FOTOS com as crianças

9 comentários sobre “Proposta de AMOR

  1. Antes tarde do que nunca, estamos em 2017, mas ainda em tempo de gozar deste amor “de fazer borboletas” fiquei imaginando elas circulando dentro do meu plexo solar e fazendo cosquinha até explodir meu riso …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s