ESPANTO

Não importa quando, quanto, como. Fica impresso, espeta, sangra… E ninguém diz nada. O silêncio carrasco nos amaldiçoa…Mas, agora, já passou. Elizabeth M.B. Mattos – 2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s