Meninos velhos

muitas pipaspipaspipa barco

Não irei viajar pela tua mão nem te seguir, não assim pendurada na pandorga. Eu te queria/ eu te quis escondido na caverna, e vieste. Se o mundo inteiro te chamava/atraía, sou/era eu teu singular, tua terra. Estupefatos! Espias velhos amores mais ou menos amados, e eu os amados mortos, despedaçados, mas paradoxalmente vivos. Vivos neste quintal transmutado, o laboratório. Vivos neste porão de memória, a tua e a minha. Rogéria nos cuida, e ficamos os dois escondidos.

Sou eu que tenho que contar esta história de amor descabido, estranho, e perdido tão logo achado como se fosse bruxa, feiticeira malvada. Tu me traíste com este franzido de nariz, este teu olho apertado e este sem jeito que tinhas para tudo que não fosse brilho. Aonde te escondes com esta vaidade palpitante e este poder partido majestoso. Telas aquarelas histórias de estórias misturadas.  Aonde é este teu castelo sem gramado, sem guerreiros? Encontro bem a jeito de amantes que se amam sem pertencimento. Chocolate vinho uísque quiche maçã e o inusitado. Telefones tocando. Respiramos dissemos escrevemos gravamos e traçamos.

Ainda não criei coragem para escrever o depoimento sobre a minha vida privada, mas já estruturei o esqueleto do texto, que será na primeira pessoa. E tu gostas, de usar o português lusitano: ‘estou a ler’. ”

Descalços voltamos a Torres e dançamos. Dançamos nas dunas. Sorrindo AH! estes dois meninos velhos. Elizabeth M. B. Mattos, Torres.

4 comentários sobre “Meninos velhos

  1. Depoimento privado, cheira a confissionario, padre, Credo!!!!
    Lindas pandorgas, pipas, lembrei de Sta Tereza no Rio. Infância querida

  2. Beth, tu te supera a cada texto…e esse vem da alma, com frases tão delicadas ” telas aquarelas histórias de estórias… ” lindo ! Parabéns a essa eterna menina que a alma não envelhece , só se libera e engrandece . Gostei das pipas coloridas a dançar como os velhos meninos !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s