Lembrei de te dizer

Lembrei varias coisinhas pra te dizer antes de viajar. Acordei agora, estou querendo fechar as malas.  Sigo estranhando este ir vir… Bom estar contigo! Ao chegar em casa o cheiro forte da limpeza com querosene, gimo cupim. Enfrentei. Dormi antes da noite chegar. Amiga, estou sufocada nos desinfetantes. Intoxicada. Sim, adorei o que mandaste: mel delícia, canela gosto. Estou ouvindo Stevie Wonder escrevendo cartas, melhor dizer postando emails e lembrando dos gloriosos trinta anos. Do Marco Frignani quando desembarcou com as cerejas de Modena. Do Rio de Janeiro. Boas lembranças. Aqui arrumo, arrumo e tudo segue lento. Confesso que a mala está por fazer. Não penso na viagem: limpo esfrego, dobro, estico, separo… Guardo tanta roupa para depois de emagrecer, ou caso engorde um pouco  mais! E quanta tralha no fundo do armário. O marceneiro AINDA não colocou a porta. A Ana me fez um rocambole de/com goiabada divino, comi inteiro. Que gulosa! E fico pensando que é tão bom ser magra, elegante. Roupas bem frouxas, soltas no corpo. Detesto engordar, mas como gosto de comer! Dançar. Caminhar na beira da praia. E dormir. E também engordar comendo chocolate. Ler, não fazer nada e tudo impecável e perfumado. Que bom estar viva! Assim eu me sinto aqui. Se morássemos mais perto talvez estivéssemos tricotando. Estou com o cesto de lãs coloridas a transbordar.  Beth Mattos, Torres.

4 comentários sobre “Lembrei de te dizer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s