te escrevo

às vezes sinto raiva, às vezes desejo, outras saudade, depois esqueço. Depois escrevo e me respondes … logo te arrependes. Compreendo. Não decido, exijo, esqueço, apago … fecho os olhos, não durmo, e escrevo … recomeço. E outra vez já não me queres. E.M.B.Mattos

“Não há nada que ensine mais do que se reorganizar depois do fracasso e seguir em frente. Mas a maioria das pessoas fica paralisada de medo. Elas tem tanto medo do fracasso que acabam fracassando. Estão condicionadas demais, acostumadas demais que digam o que devem fazer. Começa com a família, passa pela escola e entra no mundo dos negócios.”(p.53) Charles Bukowski – O Capitão saiu para o almoço e os marinheiros tomaram conta do navio – Porto Alegre, L&PM, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s