bruxa e princesa

Aqui chove bastante, muito, gostoso, forte, ruidoso e fresco … Aquela coisa de aconchego que lembra o inverno. Ontem, nostálgica, ansiosa, desejei a chuva para a introspecção, e como bruxaria este chuvão todo. Como princesa lamentei a falta de sol de ontem. Espiei a piscina, espiei o mar, e  constatei ‘a chuva prende mesmo em casa’… oscilação! Às vezes estamos fora do lugar numa inquietude sem explicação. E se ventasse agora? Ou fosse possível nevar …

Meu querido: Estou em casa te esperando. Que voltes logo!  E te penso as voltas dos dias e das noites que se remexem … Nada de novo sobre o céu. Política, sobressaltos com segurança, futebol, inflação, novo horário, e a rotina da vida no balneário. Estou me programando para passar uns dias m Porto Alegre para ver os filmes lançamento, ver uma amiga, duas, conversar com as irmãs e voltar logo. Escreve.

Tu não entendeste nada … nem eu. Tanto quanto fiquei feliz ao te ver fiquei confusa sem saber como agir/fazer, como se fosse menina estranha, fora do lugar … Elizabeth M.B. Mattos – setembro de 2017 –

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s