acaso ansiedade, temporal?

tem qualquer coisa errada … ou certa, não sei bem, ou sei e desespero, empurro porque eu quero. Ansiedade atrapalha. Não se acomoda … Ás vezes esta coisa de ser como sou, não aguento… Não quero, quero mais, quero voltar.  Não posso, já foi tanto! Cansada do trabalho: lavar estender esticar varrer aspirar pendurar, empilhar escolher … Aceitar a borralheira, desacreditar na madrasta … conhecer o poço, sair do poço…tem escada. Os detalhes deste ir devagar que faz o tempo riscar a memória, e te deixar assim no meio da ponte … E tem passado que volta e se intromete se enfia vem para o agora …esqueço. Puxa! Estranho! É não saber lidar com o que nem é, mas chegou …

Brennand

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s