não devia

tem um dia que quando termina não precisa significar, um dia vazio de vontade, de velhice exaustão cansaço …. de ponto:  não vou me esforçar, não vou abrir a porta, não quero ver ninguém. Estou tão completamente triste acabada dolorida. Qualquer bate-boca pode ser inútil mesmo regado com Whisky:  o velho barreiro terminou, vodca terminou….e terminou, o vinho, e terminou a comida, apenas o violão tocou, terminou o dinheiro para o táxi e terminou a vontade e terminou a humildade e civilidade terminou… Não contando o café da manhã, a massa ao meio dia, as omeletes as caipiras, as risadas da despedida tardia das 23 horas. Ficou a louça para lavar e um enorme cansaço vazio e tudo amontoado para depois:…… a pia  a transbordar….Esta coisa de lavar deveria ser dividida. Esta coisa de lavar/ falar tinha que ter cronooooooooooooooooooooooometro, conversa e sorriso, copo com água, felicidade.

Foi assim … um dia feito e costurado em casa de 11 horas da manhã até 23 horas da noite…e ainda faltou R$10,00  para o táxi. Dois dias ….ha !..ha! as danadas divisões que se perdem em centavos. E eu esvaziando estantes com risada. Terminou. Exausta exausta, cansada, desiludida até das risadas, …. já passou. Elizabeth M.B. Mattos – fevereiro Carnaval – Torres  2018 – preciso dizer das coisas medidas organizadas e divididas, e nenhum obrigada. Acho mesmo que fiz tudo errado, nada ficou no lugar certo, nem o agradecimento, errei em tudo …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s