Entre o passado e o futuro

Entre o passado e o futuro  …, editora Perspectiva. São Paulo, 2009. E sem comentários porque viver pensar e saber é dureza! Só pensei …

“Quais  foram as experiências políticas que corresponderam ao conceito de autoridade e das quais ele brotou? Qual é a natureza de um mundo público-político constituído pela autoridade? É verdade que a afirmação platônico-aristotélica de que toda comunidade bem ordenada é constituída por aqueles que governam e aqueles que são governados sempre foi válida, anteriormente à época moderna? “[…]

“A autoridade, como fator único, senão decisivo, nas comunidades humanas, não existiu sempre, embora tenha atrás de si uma longa história, e as experiências sobre as quais se baseia esse conceito não se acham necessariamente presentes em todos os organismos políticos.” (p.142) Hannah Arendt 

“O tirano permanecia, para  Platão assim como para Aristóteles,  ‘o lobo em figura humana’ e o comandante militar estava de maneira excessivamente óbvia ligado a uma emergência temporária para que fosse capaz de servir como modelo para uma instituição permanente.” (p. 143)

Acho que tenho saudade de velhos amigos, e de presenças, e de palavras, e claro, de um Brasil melhor, ou de eu mais forte, mais decidida, mais coerente, e  tranquila. Elizabeth M.B. Mattos – fevereiro 2018.

 

IBERE e PEDRO

IBERÊ CAMARGO com Pedro, rua Viúva Lacerda – Humaitá – Rio de Janeiro 1975

Iberê e PEDRO duas

…, saudade do amigo dos carretéis, … tanta energia! Ele, certamente, teria respostas.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s