virou mar o desejo

Sexo voz cheiro e personalidade corpo. O prazer domina e constrange grita. Ou soa, aos domingos, como o badalo dos sinos: prazer sabor alívio, e perdão. Sexo completo. O outro existe, somos dois para amar o amor. Aceito. Coroar com entrega. O sexo domina, …persegue ativo. Paradoxal silêncio. Grita o grito. Som ruído e música. Ar e chuva. Acorda o desejo do corpo. Pedro João Luís Francisco Antônio José Roberto o homem que és. Egoísta autoritário invadiste a estória, e me assombras. O sexo deveria vencer seguir o corpo no desejo. Deveria. O beco de flores azuis, de amoras e de pedras se rasgou, e tudo virou mar. E.M.B. Mattos – março de 2018 – Torres

Alerta à possibilidade de trocadilhos e jogos de palavras em toda a parte, […]  como a palavra sabor continha uma alusão ao vocábulo latino sapere, que significa tanto  provar como saber, e por conseguinte contém uma referência subliminar à árvore do conhecimento: a fonte da maçã cujo sabor trouxe o conhecimento para o mundo, o que equivale a dizer o bem e o mal. […] também se detinha no paradoxo da expressão  talhados juntos, que contém os significados tanto de unir quanto de separar, desse modo encarnando dois sentidos equivales e opostos, [..] cada palavra-chave possui dois sentidos – um anterior a queda, outro posterior a queda.” (p.53) Paul Auster A trilogia de  Nova York

sinistro serpentino delicioso prazeroso voluptuoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s