liturgia

Os pescadores estacionam o carro à beira da lagoa, e lançam rede. Claro! A lagoa rasa, posso ver o fundo. De nada servem cartazes de proibido pescar. Errado e proibido, particular a cada um, não alcança todas as pessoas. Errado proibido, feio ou …, ou qualquer coisa que não seja de ordem geral, sempre pessoal, absolutamente pessoal. Não pode o Eu estar no outro. Sou o centro. O pequeno pecado não tem a dimensão do grande pecado. No íntimo sabemos que são todos absolutamente os mesmos. Em latim a missa com cantos gregorianos, ou em língua nativa. A mesma. A liturgia se repete, a fé deveria ser a mesma, a ciência avança …, e o homem fica, ad infinitum à beira da lagoa dentro dos mesmos pecados. E.M.B.Mattos – março de 2018 – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s