o atleta que procuro

Um gosto de nada. Um nada de nada preguiçoso, mas sem sono. É preciso escutar a voz, e seguir … E eu me pergunto: seguir exatamente para onde?

Um dia de sol. Quente neste outono que se apresentou gelado. Beth Mattos

Máximas de EPICTEO

“ De que te queixas? A Divindade te concedeu o que há de maior, de mais nobre e mais divino, o poder de fazer um bom uso de tuas faculdades e de achar em ti mesmo os teus verdadeiros bens.Que mais queres? Regozija-se, adora a tão carinhoso pai e não te esqueças de dar-lhe graças, do fundo do coração. ”

Não queres ver contrariados os teus desejos?Nada desejes que não dependa de ti.”

“Se empreendes uma tarefa superior às tuas forças, o pior não é que a abandones, mas que te esqueças da que poderias realizar.”

“ Qual é o homem invencível? Aquele que, imóvel em seu assento, não se perturba pelas coisas que não dependem da sua vontade; considera –  como um verdadeiro atleta. Sustentou um combate. Sustentará o segundo? Resistiu ao dinheiro. Resistirá a beleza? Venceu em pleno dia, em meio à multidão. Vencerá a noite e sozinho? Triunfará da glória, da calúnia, da adulação, da morte? Dominará todos os desconfortos e todas as tristezas? Numa palavra, será vitorioso mesmo em sonhos? É este o atleta que procuro.”

“Somente o sábio é capaz de amizade. Como pode amar aquele que confunde o mal com o bem? ”

Máximas e Reflexões- EPICTETO

BEth de pijama

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s