rosas gordas

PITANGAS AMORAS AMEIXAS: pomar da lagoa. Jasmim em tufos. Alameda de camélias. Abertas rosas gordas a desfolhar. Vejo pitangueiras floridas. Amoreiras modestas, atrasadas, e apenas uma ameixa amarela. Araçás verdes, sem fruto. Cheiro de mar … e uma esperança desesperançada de viver para sempre. Irei sob protestos agarrada neste galho de vida, e …cheia de pensamento engraçado. A morte virá, eu sei. Penso na vida. O corpo descreve/conta/explica curiosas histórias. Floresta campina, e sonhos … Desencontro. Bafo quente do último olhar. Alguém virá me chamar, dizer meu nome, e dar a mão. Outra vida se estica e o sorriso alegre acolhe. Elizabeth M.B. Mattos – agosto de 2018, já em Torres.

HELENA TERRA fotos de um rosto

Foto com autorização: o movimento da beleza  alegre: Helena Terra

Um comentário sobre “rosas gordas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s