borra de café

Passou o vento. Café com torrada sem manteiga. Geladeira se esvaziando. Ainda tenho uma laranja. Feijão e arroz e uma gostosa preguiça. O frio se acalmou depois do vento. Feliz livre leve. Sensação de segura liberdade: sou eu sendo eu. O hábito da borra de café para adubar buganvília escabelada e sem folha. As formigas estão dormindo, e eu feliz. É isso: uma súbita vontade de ser apenas feliz … Elizabeth M.B. Mattos – agosto de 2018 TORRES

COZINHA LABORATÓRIO

Hoje tem feira livre do outro lado da lagoa, e Torres acorda. Muito bom ser sábado! Dormi bastante ontem e antes de ontem e tive sonhos …, acho que foram coloridos, e tia Joana estava comigo.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s