quero viver em abundância

… , coisas de Clarice Lispector, sim, sempre ela. Ninguém queria que ela estivesse lá aonde ela estava … Hoje não resisti, não escrevo, vou citando, usando:

“[…] assim como uma pessoa vai pouco a pouco se habituando ao escuro e aos poucos enxergando” 

” Queriam elogiar a vida e não queriam a dor que é necessária para se viver, para se sentir e para amar. Eles queriam sentir a imortalidade terrífica. Pois o proibido é sempre o melhor.” (p.64) Clarice Lispector  Onde estivestes de noite

Vou querer saber onde estavas nas noites que não te encontrei. Nas noites que não me pensas nem me queres, porque sou praga desajustada, marca de amado amor. Sou eu. Depois joga fora. Sou eu arrastando esperando para que não sintas vergonha, para que não sintas dor. …ah! meu amigo, sou eu te amando sem explicação, dizendo que te gosto agora. É meio ridículo tudo isso: os braços desanimados, as pernas, os babados, a barriga… tudo lamentável. Mas eu tenho olhos! Que  gostes dos meus olhares, o resto, descartas.  E se te gosto quero saber ONDE ESTIVESTE DE NOITE. Depois eu me acalmo. Eu sei: estamos blindados. Motivos diferentes, mas blindados, …e isso é/pode ser/ encenação. Não estamos protegidos. Vamos ao palco. Será que nos beijaríamos? Desconexo. Elizabeth M.B.Mattos – setembro de 2018 – TORRES

BELA TODO DE COSTAS de LUiza MODELO

JAVIER MARÍAS CAPASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSjasminssssssssssssssssssssssssssssluiza e eu agosto de 2018 beira do rio

 

2 comentários sobre “quero viver em abundância

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s