amor e amizade

Está nos livros, ou potencializado dentro da pessoa, ou na música, este jogo ensaiado do amor, e repetido e o único que importa. A espera de  …., porque penso que é para sempre, para sempre …, e não é. Eu quero sentar e conversar. Beber chá, café, Comer pão com geleia vermelha, e manteiga. Quero estar contigo, uma meia hora, ou duas horas. Sugestão. Vamos ler  As Brasas de Sándor Márai em voz alta, ouvindo nossas vozes. “O sentido do amor e da amizade estava todo ali. A amizade deles era séria e silenciosa como todos ali. A Amizade deles era séria e silenciosa como todos os grandes sentimentos destinados a durar uma vida inteira. E como todos os grandes sentimentos, continha certa dose de pudor e de culpa. Ninguém pode se apropriar impunemente de uma pessoa, subtraindo -a de todas as outras.” Sándor Márai

Estou respirando. Raios e chuva forte, a música e este cinzento londrina e o tempo, o meu tempo de ser e voltar, aquietar, usufruir…. tempo de absorver.

Elizabeth M.B.Mattos — setembro – Torres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s